Procedimentos Estéticos

7031112_m-page

A cirurgia plástica estética e reparadora vem avançando dia após dia com a criação de novas técnicas cirúrgicas e com o emprego de novos materiais como implantes ou fios mais modernos. Os ganhos com esses avanços são resultados mais agradáveis, menores tempos operatório e risco cirúrgico, mais durabilidade dos materiais entre outros.

Paralelamente a esses avanços, alguns procedimentos vêm sendo aperfeiçoados, complementando ou, por vezes, dispensando cirurgias.

Peelings, preenchimentos, toxina botulínica, sustentação da pele com fios, dermoabrasão, completam o arsenal de tratamentos dos cirurgiões plásticos refinando ou substituindo os procedimentos cirúrgicos. É possível dizer, inclusive, que é quase sempre indicado o uso de algum procedimento estético de forma complementar.

Preenchimentos

thumb1

Antes de tentar comparar o número cada vez maior de materiais preenchedores  disponíveis hoje para definir qual deles é o melhor, é preciso entender que a diversidade desses materiais faz com que se tenha um material mais específico para cada uma das necessidades.

Os preenchimentos são feitos em um sem número de indicações e vão desde pequenos até grandes volumes. Os mais famosos são os preenchimentos da face:

  • Tratamento de rugas
  • Tratamento de sulcos
  • Tratamento olheiras fundas
  • Tratamento de cicatrizes de acne
  • Aumento dos lábios
  • Tratamento de cicatrizes deprimidas em geral
  • Correção de pequenas imperfeições do nariz (como elevação da ponta e tratamento do dorso)
  • Aumento a região malar
  • Aumento do queixo
  • Aumento do ângulo da mandíbula
  • Hidratação profunda da pele

Nas demais regiões do corpo, são usados preenchedores pra vários fins como:

  • Preenchimento de depressões
  • Tratamento de assimetrias musculares
  • Hidratação da pele

Os preenchimentos são procedimentos feitos no consultório com anestesia local, normalmente não exigem repouso, os cuidados são apenas locais e podem causar apenas pequeno inchaço e, eventualmente, algumas manchinhas roxas temporárias.

Toxina Botulinica (Botox®)

thumb2

A toxina botulínica é uma substância que provoca a paralização muscular temporária. No Brasil é comercializada sob os seguintes nomes comerciais: Botox®, Dysport®, Prosigne® e  Xeomin®.

As principais indicações são:

2-Levantamento da ponta do nariz

3-Sorriso gengival

4-Hiperidrose (sudorese excessiva) localizada: mãos, pés e axilas.

5-Assimetrias e espasmos faciais

6-Enxaqueca

A aplicação é feita no consultório com incomodo mínimo. Após o procedimento as restrições são apenas não abaixar a cabeça ou deitar por 4 horas e não esfregar o local.

O efeito da toxina nos músculos dura de três a seis meses, porém a aplicação recorrente leva a resultados mais consistentes por diminuir progressivamente a marca que a contração muscular provoca na pele.

Toxina botulínica no tratamento de rugas

A contração repetida dos músculos da expressão facial e do pescoço provoca marcas indeléveis na pele. Quanto mais o tempo passa, mais a pele fica propícia ao surgimento destas marcas pelas mudanças que o envelhecimento e outros fatores ambientais (exposição solar, tabagismo) provocam na pele.

Há dois tipos principais de rugas: as dinâmicas e as estáticas. As dinâmicas são aquelas que surgem apenas quando é feita alguma expressão facial. As últimas estão presentes mesmo quando em repouso, ou seja, sem haver nenhum movimento dos músculos da face, ainda estão visíveis.

O uso da toxina botulínica trata ambas mas as rugas estáticas podem precisar de algum tratamento complementar como peeligns ou preenchimentos.

Suspensão com fios

thumb3Tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam, quis nostrud exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat Insert you content here

Peelings

thumb4

O peeling pode ser químico ou cirúrgico. Este último é mais conhecido como dermoabrasão e será discutido separadamente. Esses procedimentos consistem na retirada das camadas mais superficiais da pele favorecendo a retirada de manchas, rugas finas, o nascimento de uma pele mais homogênea com melhor textura.

São indicados para o tratamento de manchas, melasmas, ceratoses, rugas finas, cicatrizes entre outros.

Normalmente, um preparo com ácidos de uso diário é feito previamente para que a pele já esteja mais homogênea e mais receptiva ao peeling. Os resultados são melhores e menores são os riscos de complicações. É claro que cada paciente tem suas indicações e seu tempo de preparo. O uso de filtros solares são indicados antes e depois, protegendo a pele que estará mais sensível durante o processo.

Os peelings podem ser mais profundos ou mais superficiais. Quanto mais profundo ele for, melhores são os resultados, mas em contrapartida, mais complexo é o pós-peeling.

A necessidade de medicações para dor ou até de anestesia dependerá da substância que vai ser usada e da concentração dos mesmos. Na maioria das vezes o peeling é feito no consultório.

Nos dias seguintes a realização do peeling haverá a descamação da pele. Por isso, é importante a programação para o afastamento de eventos sociais. De modo geral, peelings mais profundos exigem mais tempo de afastamento.

A dermoabrasão é um peeling feito mecanicamente, ou seja, ao invés de serem usados ácidos, é usado um aparelho com uma microretífica que reduz as camadas mais superficiais da pele. É feito sob anestesia local e é muito útil no tratamento de cicatrizes inestéticas, manchas e irregularidades da pele.

No período pós dermoabrasão o paciente fica com algumas crostas e deve se preparar para se afastar de suas atividades por 7 a 10 dias. Os resultados são recompensadores.